PONDERANDO

* * * Reflexão em 120 segundos * * *

Categoria: Cotidiano (Página 2 de 4)

Hora de virar a página

hora-de-virar-a-paginaE o bissexto 2016 já se despediu. Pelo calendário chinês, Ano do Macaco de Fogo. Ano difícil, de poucas alegrias para muitos, dificuldades muitas enfrentadas por aqui e alhures, expectativas que parecem indicar tempo ainda instável com chuvas e trovoadas à frente. Mas como sempre, com uma pontinha de esperança guardada na manga. Afinal, dizem que Deus é brasileiro e o mundo todo, que anseia por tempos mais luminosos também, vai precisar d’Ele. (Continua…)

Hora da verdade

325791e7-9a24-4f15-abdc-6a1814314db6

Catástrofes e tragédias ocorrem, quase sempre, sem aviso prévio. O impacto causado por uma notícia atinge a cada um de nós de modo diverso. O drama pode ser sentido com maior ou menor intensidade se conhecido pelos jornais, assistindo à televisão ou comunicado verbalmente por alguém. Próximo à ocorrência, vivenciado, o choque pode tomar proporções indescritíveis. (Continua…)

Viagem sem volta

viagem-sem-voltaO país teve, esta semana, mais um feriado nacional: 2 de novembro, Dia de Finados. Apesar de sermos um país laico, eis que o Dia é comemorado pela Igreja Católica desde o século XI; mas não é um dia celebrado pelas pessoas de todas as religiões. A palavra “ finado” é um adjetivo que qualifica algo ou alguém que finou, que chegou ao fim, que está morto. Por esse motivo, o Dia de Finados também é conhecido como Dia dos Mortos. (Continua…)

Hora de formar empreendedores

hora-de-formar-empreendedoresO mundo globalizado oferece oportunidades de sucesso em qualquer profissão. Com ou sem crise, as oportunidades e interesse tanto de empresas como do mercado por profissionais competentes é uma realidade. Aquelas, por necessitarem, sempre e em qualquer tempo, de talentos bem preparados para gerir seus negócios com eficiência – em qualquer nível –  e o mercado por não poder abrir mão de profissionais liberais e de serviços visando manter a roda da economia em movimento. (Continua…)

O aqui e o agora


Uma das vantagens de “se avançar no tempo”, leia-se envelhecer, é que o-aqui-e-o-agoraos acontecimentos que os mais jovens só aprendem através dos livros, em salas de aula ou internet, já foram vividas – pelos menos jovens – em todos os momentos de suas trajetórias; se não presencialmente, através das mídias em tempo real.

Você pode estar se perguntando “E daí, qual a vantagem”? Após acompanhar a evolução de acontecimentos – ao vivo e a cores – guardá-las na memória, tomar consciência de que tudo é passageiro, transitório. Parodiando Lulu Santos, cantor e compositor: “Nada do que foi será / Do jeito que já foi um dia / Tudo passa / Tudo sempre passará”. (Continua…)

Quem escreve… seus males espanta

quem-escreveVez por outra questiono-me sobre porque escrevo. Afinal, não o faço profissionalmente, eis que não sou remunerado nem patrocinado por meu trabalho. Em que pese que esteja na lida há muitos anos, talvez meu DNA (molécula da vida) herdado de antecedentes seja uma das razões. De meu pai, por exemplo, que foi advogado e jornalista, profundo conhecedor da língua portuguesa, democrata inconteste, defensor corajoso das causas justas, que chegou a enfrentar por isso – em outros tempos é verdade – a experiência de ver o sol nascer quadrado. Mas esta é uma outra história. (Continua…)

What´s up? (*)

What`s upO assunto era uma discussão em torno dos avanços tecnológicos. O ambiente, um daqueles programas de televisão onde as pautas incluem política, acontecimentos do cotidiano, eventos e celebridades. Em dado momento – em que o tópico da vez era comunicação e relacionamento – uma conhecida jornalista, do alto de seus trinta e cinco anos, considerava que telefone para ela era “démodé” (fora de moda)! E que só se comunicava, ou “falava”, com as pessoas por mensagens no WhatsApp!

(Continua…)

Formadores de opinião

Formadores de opiniãoFamosos do mundo dos esportes, das artes cênicas, da televisão, estão sempre em evidência – o que os coloca em posição de destaque tornando-os, de uma ou outra forma, pessoas formadoras de opinião. Voluntariamente ou não, influenciam todas as faixas etárias com ênfase maior, arriscaria afirmar, nos adolescentes e jovens adultos.

Em uma sociedade exposta, diuturnamente, às mídias on-line, ao vivo e a cores, receptiva a todo tipo de consumismo e modismos, o mercado que abocanha aquela significativa parte da população não é desconsiderável. Haja vista o investimento pesado em marketing nos clubes de futebol, jogadores profissionais das várias modalidades, pilotos de Fórmula 1.     (Continua…)

Redes Sociais

Redes SociaisWhatsApp, Facebook, Pinterest, Youtube, Google, Instagram, Linkedin, Twitter e mais outras tantas redes sociais mundo afora, reformularam a teoria das comunicações humanas e o inter-relacionamento pessoal, tornando o prazeroso contato humano através da conversa, decadente. Mas vieram para ficar, presentes nos quatro cantos do mundo (como se a Terra não fosse redonda). 

(Continua…)

Basta garimpar

NotíciaBasta garimpars produzidas por todas as mídias primam por escancarar o lado sombrio da vida. Com a exposição da violência incontida, das catástrofes, da política despudorada lastreada por conivências corrompidas, da economia do país já no fundo do poço seco. Resolvi, por isto, garimpar nas páginas escondidas do noticiário algo que pudesse trazer um pouco de alento nestes dias também conturbados fora do país. (Continua…)

« Publicações antigas Novas publicações »

© 2018 PONDERANDO

Desenvolvido por CS ProjetosRolar para cima ↑