PONDERANDO

* * * Reflexão em 120 segundos * * *

Categoria: Internacional (Página 1 de 4)

Uma odisseia em curso

“ A competição entre seres humanos e robôs por empregos qualificados e bem remunerados já começou e deverá se acirrar no futuro. Como as máquinas serão mais produtivas em todas as profissões, a renda do trabalho deverá crescer muito lentamente e corre o risco até de encolher.

O prognóstico é feito pelo economista Richard Freeman (Universidade de Harvard) que pesquisa os efeitos do avanço da inteligência artificial sobre economia, educação e mercado de trabalho. ” (Continua…)

Supremacia da bala

A mais recente chacina ocorrida nos Estados Unidos, em Las Vegas, esta semana, volta a suscitar o debate em torno da liberação de venda de armas a cidadãos norte-americanos. Venda – até de metralhadoras – sem qualquer restrição. (Continua…)

A ficção é real

O avanço tecnológico das últimas décadas vem alterando hábitos e costumes, não apenas de todos nós, mas afetando também e principalmente profissionais que prestam seus serviços como autônomos ou a empresas como funcionários. Neste último caso, o domínio técnico e científico exigido pela competição desenfreada vem fazendo vítimas entre aqueles que, por razões várias, não têm conseguido se manter atualizados – a exemplo das empresas, que ou se mantem na vanguarda do mercado em suas respectivas atividades ou são por ele (mercado) desalojadas. (Continua…)

“…ver meus filhos julgados pelo caráter e não pela cor da pele”

O mundo assistiu, semana passada, a mais uma demonstração de intolerância racial nos Estados Unidos, em Charlottesville, Estado da Virginia. Intolerância nascida no século XIX, após a derrota do Exército dos Confederados do Sul na Guerra Civil Americana (1861-1865), sob a presidência de Abraham Lincoln. (Continua…)

Não vou entregar a rapadura

Tenho a sensação, por vezes, de estar “pregando” em pleno deserto onde apenas o sol ardente, o vento cortante e a brisa congelante da noite se manifestam. Em realidade, abordar temas indigestos voltados para a política caseira, descompromissada com o país, não é a mais atraente das leituras.

Mas o mundo não é só política, ou só é, como assegurou-me nosso prefeito, “certa feita”, anos atrás. Assim, apesar da estrada longa já percorrida, meu inconformismo não é pequeno para o que me parece ser injustiça, falta de ética e lisura na vida social, econômica e política do país. Por isso me manifesto! (Continua…)

Estupidez humana

Somos obrigados a absorver uma verdadeira enxurrada de informações produzidas pelas mídias “on-line e em tempo real”.  O que nos chega, através dos olhos e ouvidos, durante 24 horas, é abissal. Como em um lanche de “fast food”, engolimos as notícias por minutos – no máximo – e ponto final. (Continua…)

Nossa costa é rica, mas…

O Relatório Mundial da Felicidade 2017, apresentado em Nova York no Dia Internacional da Felicidade (20 de março e celebrado desde 2012) elege – entre os países latino-americanos – a Costa Rica como a melhor colocada, ficando o Brasil com o 22° lugar no ranking.

O levantamento leva em consideração o PIB per capita, a expectativa média de vida, a percepção de apoio recebido no próprio ambiente social e de confiança no governo e nas empresas em relação à corrupção. Fatores negativos, como preocupações, tristeza e raiva também desempenham um papel no estudo. (Continua…)

Lei Shuku Iku

Pesquisando informações sobre educação alimentar sou confrontado com duas realidades distintas. A primeira não é segredo para ninguém, mas já a segunda, bem que poderia servir de espelho para os que enxergam Educação como sendo algo além do ensino de matérias em sala de aula.

 Segundo o IBGE, atualmente uma em cada três crianças no Brasil está pesando mais do que deveria. Apesar de nem todos os pais e mães com obesidade gerarem filhos com o problema, pais e mães dentro do peso podem, também, ter filhos com obesidade. A causa pode estar nos hábitos alimentares da criança e da família, bem como a ausência de atividades físicas. (Continua…)

Lendo nas entrelinhas

Como você reagiria se, no Brasil, a população elegesse um presidente que nunca tivesse ocupado qualquer cargo no governo ou no legislativo anteriormente; que – em suas primeiras semanas no Planalto – tivesse demitido o ministro interino de Justiça; fosse obrigado a aceitar a renúncia de seu general-chefe da Segurança Institucional; proibisse, mediante decreto, autocraticamente, a entrada de estrangeiros “seletivos” no país; cancelasse, abruptamente, a visita programada de um chefe de Estado; travasse guerra pelo Twitter com parlamentares, imprensa, famosos do mundo esportivo e artístico; não tivesse, após semanas à frente do Executivo, sequer nomeado metade de seu ministros; e ainda, enfrentasse protestos de rua quase diários pelo país afora. 
(Continua…)

Make America great again *

make-america-great-againAs eleições americanas terminaram. O sistema eleitoral na terra de Tio Sam é complicado e difícil de ser entendido pela maioria dos que não são norte-americanos. Difícil de ser entendido, também, o resultado das urnas: Donald J. Trump foi eleito 45º Presidente dos Estados Unidos da América. (Continua…)

« Publicações antigas

© 2017 PONDERANDO

Desenvolvido por CS ProjetosRolar para cima ↑