PONDERANDO

HOLAMBRA

Categoria: Internacional (page 1 of 5)

A prioridade na realização pessoal

A vida é feita de embates desde que nos entendemos por gente. Sempre em tentativas de ocupar espaços que acreditamos serem nossos, ganhando e perdendo como em batalhas planejadas. Na escola foi assim, no meio social não tem sido diferente e no trabalho – pela sobrevivência e perseguição ao sucesso – causas e efeitos se apresentam mais pronunciados.

Quero crer que que é no trabalho que a visibilidade se torna mais cristalina, onde anseios levam não poucos a compactuar na busca da manutenção de um status-quo ou ascensão. E nesse universo, onde tantos lutam para entrar e outros tantos para não sair, a briga é de cachorro grande. Continue reading

A sorte do FC Barcelona

A novela midiática em que se transformou (mais uma) transferência de clube do jogador Neymar – não apenas de futebol, mas também de transações milionárias – chegou ao fim. Alvíssaras por que não deu certo seu retorno ao Barça. Continue reading

Aguardemos o gran finale da ópera bufa

Parece não haver mais dúvidas que prossegue a candidatura do deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente da República, para ocupar a Embaixada do Brasil nos Estados Unidos da América. Segundo seu pai, “da minha parte está definida [a indicação)”. Disse mais, em evento no plenário da Câmara (15/07/19).: “Se está sendo tão criticado pela mídia é sinal de que é a pessoa adequada”. Não entendi a alusão, mas de qualquer forma, são críticas oriundas não apenas da imprensa. Inclusive minha, destacaria eu.

Por fim, conclui o Presidente Jair Bolsonaro: “Tem um caminho todo grande pela frente. Tem um termo técnico para os Estados Unidos verem se tem alguma coisa contra [a nomeação]. Tem que conversar com o Parlamento” (sic). Sem comentário.

Aliás, o anúncio da indicação para ocupar a embaixada em Washington foi, curiosamente, feito tão logo o filho completou 35 anos, idade mínima estabelecida por lei para chefiar qualquer missão diplomática no exterior. Reto e direto!

Em função desse quadro e segundo o jornal Folha de S. Paulo, interlocutores do governo já começaram a se movimentar nos bastidores para tentar aprovar – em votação secreta – o nome de Eduardo Bolsonaro no Senado. Pois é! “Brasil acima de tudo…”

Imagina-se que o “efeito Trump” tenha algo a ver com a indicação, haja vista determinadas coincidências de atitudes e pensamento entre os dois presidentes. Todas sobejamente conhecidas. Saliente-se que mundo afora, exceto em ditaduras, dificilmente indicar-se-ia alguém para ocupar cargo topo da diplomacia – principalmente em embaixada na maior potência mundial – apenas com credenciais relevantes como na culinária (fritar hamburger no país), fazer treinamento cardiovascular de resistência ao frio montanhas do Colorado e enfrentar o gélido clima no estado do Maine na fronteira do Canadá.

E a propósito: aceitaria o Brasil, como embaixador para representar seu país aqui, alguém que apenas aprecia uma caipirinha, já brincou no carnaval e tenha visitado as belas praias do nordeste?

Mas como já expresso anteriormente, a forma como o maestro conduz sua sinfônica, sempre dispensando o “spala” (responsável por afinar a orquestra, antes da entrada do maestro) permanece intacta e inalterada.

Assim, aguardemos o gran finale da ópera bufa!

Curtiu? Compartilhe

e-mail: radeathayde@ponderando.com.br

 

Vale a pena ver de novo?

Estamos vivendo dias conturbados na política e economia brasileiras. Não é menos verdade que na Europa – por razões distintas, mas não menos preocupantes – a insatisfação e consequências dos rumos a serem tomados – por decisões não menos apaixonadas – podem repercutir em meio mundo com resultados imprevisíveis, inclusive para o Brasil. Continue reading

Fraternidade e Desprendimento

No último dia 15 de abril a Catedral Notre-Dame de Paris sofreu um incêndio de grandes proporções causando consternação mundial. Sua construção, iniciada no século XII (ano 1163), durou mais de cento e setenta anos. Uma obra prima da arquitetura gótica, a catedral revelou-se cartão postal emblemático que recebia uma média de 13 milhões de visitantes ao ano e foi declarada Patrimônio da Humanidade em 1991. Continue reading

Estaremos nós a serviço da tecnologia em futuro próximo?

Quanto maior o desenvolvimento da tecnologia da informação (TI) menor parece ser a comunicação efetiva e afetiva entre as pessoas. Entenda-se comunicação como sendo entendimento, aproximação.

O choque de costumes, agravado em certas partes do planeta por levas de migrantes na busca por uma vida melhor em terras tão distantes quanto as novas culturas a enfrentar, parece estar provocando uma profunda reformulação – invisível, talvez – nas regras de convivência e comunicação humanas. Continue reading

Hora de (também) olharmos para fora

O Brasil recebe um novo governo com perspectiva de firmes e novos rumos em suas políticas – principalmente aquela sob a égide do Ministério da Relações Exteriores – Itamaraty.  

O possível aumento da desaceleração econômica mundial, já a partir de 2019, e as dificuldades encontradas por lideranças europeias na condução de seus países – França à frente – podem levar a Europa a uma derrocada de consequências imprevisíveis. Continue reading

Reféns da Inteligência Artificial

“A desinformação deliberada ou involuntária que visa ao descrédito há de ser combatida com informação responsável e objetiva, tudo com a transparência que exige um estado democrático de direito. A Justiça Eleitoral não enfrenta “boatos com boatos” e avaliou que há um tempo para uma resposta em respeito ao devido processo legal.” Continue reading

Para tirar o chapéu

Este país é realmente surpreendente. Sob todos os pontos de vista. Em se tratando de conhecimento e educação da ala mais jovem da população nem há o que se comentar. Ou melhor, há sim! Continue reading

Por falar em Copa (final)

A Croácia é vice-campeã da Copa do Mundo FIFA. Feito inédito para um país independente há apenas 27 anos. Com cerca de 4 milhões de habitantes, esse pequeno Estado na fronteira dos Bálcãs receberá pela “façanha” US$ 29,5 milhões (R$ 113,5 milhões). A seleção francesa – campeã – por seu turno, US$ 39,5 milhões (R$ 152,1 milhões). Números que impressionam. Continue reading

« Older posts

© 2019 PONDERANDO

Theme by Anders NorenUp ↑