PONDERANDO

HOLAMBRA

Categoria: Saúde (page 1 of 4)

Vozes que soam sensatas

A pandemia causada pelo covid-19 tem levado significativa parcela da população mundial a adotar medidas de precaução visando sua proteção e daqueles em seu entorno. O que não expressa a realidade em muitos confins do Brasil, já que o drama vivido por outros países não parece exercer qualquer influência sobre o governo federal e pessoas de diversas raízes. Continue reading

Prenúncio de novas calamidades?

A sociedade assiste com olhar preocupante a presença de militares em cargos técnicos, como no Ministério da Saúde. O ministro interino, general de divisão, da ativa, considerado gestor competente por sua história – não possui qualquer vivência na área médica. É o terceiro, em curto espaço de tempo, a suceder dois conceituados médicos de currículos e históricos elogiáveis com reconhecimento internacional. Por fim, são 25 os fardados ocupando cargos antes de técnicos da área. Imagina-se um epidemiologista à frente do Ministério da Defesa? Continue reading

Um admirável dia novo, aqui e agora

Havia me proposto a não escrever sobre o caos instalado no país por conflitos de toda ordem. Desde manifestações habituais de quem deveria liderar diante das crises sanitárias às econômicas derivadas da primeira até a insurgência de militantes contra atos promulgados pela Organização Mundial da Saúde e orientação de epidemiologistas e infectologistas visando reduzir o elevado índice de mortalidade pela pandemia mundo afora. No momento em que digito, só no Brasil são mais de 12 mil óbitos e 170 mil casos confirmados. Continue reading

Não estou a falar de política

Sobre os números de mortes causados por coronavírus no país? “Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”.

E em passado recente: ‘Não sou coveiro, tá?”

Afinal, são apenas milhares de brasileiros mortos, de todas as classes sociais, penalizando mais as famílias menos privilegiadas.  

Manifestações como as acima – entre muitas mais que poderiam compor este texto – dispensam identificar o autor dessa insensibilidade. Afinal, considera-se cristão, identifica-se com fieis e igrejas, e invoca o nome do Senhor com frequência. Infelizmente, não possuo conhecimento médico para fazer um diagnóstico do caso.  

Mas quem está realmente preocupado com a insensibilidade do ser humano?

Seriam aqueles que saem a campo em estreita aprovação de suas atitudes e verbalizações que fariam corar um monge? Ou os que, angelicamente, grosseiramente cantariam em coro: “E daí?”

Desde o início do surto tropas de um exército compostas por abnegados, homens e mulheres, – profissionais da saúde – médicos, equipes de enfermagem, atendentes, maqueiros, fisioterapeutas, nutricionistas hospitalares, expõem suas vidas e as de seus familiares para salvar vidas alheias, seres humanos como eles, na tentativa de operar milagres como os inúmeros que tem ocorrido.

Não nos esqueçamos que da tropa dos abnegados fazem parte incansáveis coveiros, motoristas de ambulâncias, faxineiras de hospitais.

Muitos enfrentando o stress pela sobrecarga de trabalho, ansiedade e medo pela exposição acima do normal à covid-19. Esforços além de seus limites!

Um exército que partiu para a guerra armado de conhecimentos técnicos uns e profissionalismo outros, dignos de, no mínimo aplausos diários – como ocorre em boa parte do mundo. Mais que isso, merecedores do mais profundo respeito pelo desprendimento como enfrentam o inimigo sorrateiro diuturnamente.

Como ser humano, brasileiro, de família poupada da pandemia, vejo-me – indefeso – obrigado a assistir diariamente – com indignação – o vociferar daquele que brada aos quatro ventos “quem manda sou eu” , que age como se em um trono estivesse e olha para a população como se seus lacaios fossem, que não hesita – com menosprezo – “tacar” um “E daí?” em situações de profunda consternação.

Não estou a falar de política!

Estou a falar de humanismo, em um desabafo, talvez, que me poupe de vir a desacreditar nos meus semelhantes.

O Exército de Abnegados há de deixar o exemplo para que enfrentemos o inimigo explicito com galhardia!

Que assim seja!

A História lá na Frente

A Economia é dependente de pessoas com Vida. E esta não é submissa!

Mas no Brasil, parcela significativa da população sobrevive e carece de saúde pelo meio insalubre em que habitam sem coleta de esgoto (100 milhões) nem água tratada (35 milhões) e 33 milhões sem ter onde morar. Uma verdadeira pandemia social!

“A história lá na frente vai nos julgar. Eu peço a Deus para que nós estejamos certos lá na frente. Então, essa briga de começar a abrir para o comércio é um risco que eu corro, porque, se agravar, vem para o meu colo”. (Presidente JMB sobre o covid-19) Continue reading

A Hora da Verdade

O covid-19, doença que foi identificada pela primeira vez em Wuhan, na província de Hubei, República Popular da China, em 1 de dezembro de 2019, teve o primeiro caso reportado em 31 de dezembro do mesmo ano.

De lá para cá o surto foi se alastrando mundo afora levando inicialmente a Itália a se tornar o epicentro na Europa onde, devido a reações tardias visando bloquear a contaminação, atingiu números catastróficos de infectados e mortos.

A demora em tomar providências drásticas e ignorar à orientação de efetuar o confinamento ou distanciamento social recomendadas pela OMS – Organização Mundial da Saúde – levaram de roldão a França e a Espanha sem menosprezar-se a atitude – comprovadamente desastrosa – do primeiro ministro britânico Boris Johnson que, tardiamente, se viu obrigado a exigir o isolamento da população recebendo como troco sua contaminação, internação em estado grave e, talvez, por sorte, sua recuperação graças ao excelente serviço de saúde – NHS – disponível no país.

Afinal, até 15 de abril de 2020, pelo menos 1 970 879 casos da doença foram confirmados em mais de 210 países e territórios, Pelo menos 125 910 pessoas morreram (mais de 25 000 nos Estados Unidos, pelo menos 21 000 na Itália, cerca de 18 000 na Espanha, por volta de 15 700 na França, mais de 12 000 no Reino Unido e pelo menos 3 300 na China). (Wikipedia)

Mas parece que esses números e a clara evidência de que as recomendações da OMS não assustam, vem levando alguns governos a arriscar parte de suas populações a contraírem o codiv-19 com futuro imprevisível sombrio.

Os efeitos mundiais da pandemia levaram à instabilidade social e econômica, corridas às compras, xenofobia e racismo contra pessoas de descendência chinesa e do leste asiático, on-line de informações falsas e teorias da conspiração sobre o vírus e o encerramento de escolas e universidades em pelo menos 115 países, afetando mais de 1.6 bilhão de estudantes. 

Enquanto isso, no Brasil, esforços de médicos e cientistas consagrados, na tentativa hercúlea de poupar o país de uma catástrofe – em uma corrida contra o tempo – tenta reduzir nossa deficiência em equipamentos e infraestrutura hospitalar perseguindo as orientações inequívocas da OMS.   

Infelizmente, na contramão, significativa parcela de nossa população iletrada, inculta, desconhecedora sobre o que se passa pelo mundo, é influenciada pela ala política antítese da ciência. Exposta que está, de forma ingênua, milhares de brasileiros inocentes poderão vir a pagar com suas vidas a dívida ora sendo contraída por um…. não consigo encontrar adjetivo qualificativo pertinente!

O rei está nu

O assunto que domina o noticiário diariamente é a pandemia do covid-19. Com cerca de 75% da população respeitando o isolamento em casa e o restante por necessidade – ou descaso – expondo-se à contaminação, parece ser que ainda estamos distantes do “pico da curva” como definem os técnicos da saúde – o clímax do surto. Continue reading

A Carência de Massa Cinzenta

“Meu amigo, minha amiga, não se preocupe com o coronavírus. Porque essa é a tática, ou mais uma tática, de Satanás. Satanás trabalha com o medo e o pavor. Trabalha com a dúvida. Por trás dessa campanha toda de coronavírus existe um interesse econômico”. Palavras do bispo Edir Macedo da Igreja Universal do Reino de Deus. Enquanto isso, hoje, quinta-feira, 19 de março, a contabilidade de casos de coronavírus no Brasil bateu nos 529, todos confirmados. No mundo, mais de 200 mil com quase 9 mil mortes. Continue reading

O Coronavírus e Você

O covid-19, conhecido como coronavírus, continua se espalhando por todo o mundo mediante casos confirmados por importação e transmissão local. Em todos os continentes, sem exceção, o vírus já se instalou em menor ou maior grau. Continue reading

O nosso SUS é competente. Ponto final!

A postura do Presidente da República em não permitir – inicialmente – que brasileiros residentes em Wuhan – província de Hubei – China, berço maior do coronavírus, pudessem ser de lá retirados, deu uma demonstração clara de nosso despreparo para enfrentar calamidades. Continue reading

« Older posts

© 2020 PONDERANDO

Theme by Anders NorenUp ↑