PONDERANDO

* * * Reflexão em 120 segundos * * *

Categoria: Saúde (Página 2 de 3)

Lembre-se de sua memória

Segundo a psicóloga Gabriela Cabral da Silva Dantas, “a memória é o armazenamento de informações e fatos obtidos através de experiências ouvidas ou vividas”.

Viver deixa registros na memória de todos nós. Arquivados, para eventualmente dele fazermos uso visando corrigir rumos diante de previstos e imprevistos mais à frente. Ou para recordarmos momentos agradáveis pelos quais passamos. Ou, ainda, obrigados a conviver com aqueles que gostaríamos de “deletar”. A memória, incomplacente, nos prega peças vez por outra, nos trai sem cerimônia, se “esquece de anotar”. Há que cuidar-se dela! (Continua…)

Reflexão sobre o imponderável

reflexao-sobreNão há quem não tenha enfrentado altos e baixos na vida. Na vida pessoal e profissional. Fazem parte das vivências e experiências que nos levam – de um ou outro modo – ao estágio atual. Uns sorridentes até as orelhas; outros, recapitulando acontecimentos, confiam ser possível passar uma borracha (deletar…, para os mais jovens) e começar de novo.
(Continua…)

Adolescentes da Terceira Idade

Adolescentes da terceira idade1O tempo vai passando, o homem ficando mais longevo e comprovando que suas oportunidades de continuar sendo útil à sociedade decrescem. Ao longo da história, cabelos brancos e rugas sempre foram sinônimos de sabedoria, experiência, prudência, sensatez. Eram o resultado de tudo aquilo que não se aprendia – e continua não se aprendendo – na escola. A não ser na escola da vida. (Continua…)

Idade, apenas um número

Idade, apenas um numeroMorreu, dia 5 de junho, aos 104 anos, o fisiculturista Manohar Aich. Apelidado de “Hércules de bolso” por causa de sua pequena altura, se tornou o primeiro indiano a ganhar o título de Mr. Universo em 1952.  

O Guinness World Records e o Gerontology Research Group (GRG) reconhecem, em uma lista, as 100 pessoas mais idosas do mundo. Todas, obviamente, já celebraram seus centenários e não poucas, com muita folga… (Continua…)

A cara do Brasil

O Brasil tem 13 milhões de analfabetos, número que representa 8,7% da população acima de 15 anos, acompanhada de analfabetos funcionais (aqueles que apenas conhecem letras e números, mas não leem) e somam 27%.

A cara do Brasil 1

Em vista da assertiva, parece que as indústrias de todos os matizes instaladas no país tratam com descaso suas leis. Leis que exigem das ditas, por exemplo, fornecer aos consumidores informações claras e precisas sobre os produtos que colocam no mercado. Mas, e como se dizia antigamente: “coisa pra inglês ver”. Ainda mais diante dos números acima. (Continua…)

A culpa não é do mosquito

????????????????????????????????????

Segundo a Fiocruz – Fundação Osvaldo Cruz: “No início do século 20, a identificação do A. aegypti como transmissor da febre amarela urbana impulsionou a execução de rígidas medidas de controle que levaram, em 1955, à erradicação do mosquito no país. Em 1958, o país foi considerado livre do vetor pela Organização Mundial de Saúde. Mas o relaxamento das medidas de controle após a erradicação do A. aegypti permitiu sua reintrodução no país no final da década de 1960 e hoje o mosquito é encontrado em todos os Estados brasileiros”. (Continua…)

Estamos em guerra, acredite!

Estamos em guerra, acrediteO país não desconhece a existência do “mosquito da dengue” – o Aedes aegipti – responsável não apenas pela dengue, mas também pela febre chikungunya e o zika vírus. Medidas vêm sendo tomadas pelos diversos governos – dentro de suas limitadas verbas e limitados recursos humanos – para sair em campo inspecionando e combatendo os focos das doenças. Todas insuficientes! (Continua…)

Até onde e quando?

Até onde quandoVimos acompanhando pela imprensa atentados terroristas que vem ocorrendo mundo afora. Deixando de ser esporádicos, muitos são atribuídos a causas religiosas – como no caso dos praticados pelo chamado Exército Islâmico ou ISIS ou, ainda, Daesh no Oriente. Seus braços na África têm levado morte e destruição a populações indefesas. O medo vem se espalhando por diversos continentes e países onde se torna inseguro frequentar lugares públicos, viajar de metro, trem e avião. Verdadeira paranoia – justificadamente – começa a tomar conta das pessoas de todas as línguas, as quais, sem qualquer alternativa, ficam expostas a um agressor invisível, muitos considerados como “lobos solitários”. (Continua…)

… e que seu alimento seja seu remédio!

Entre alguns dos presentes que recebi no Dia dos Pais estava uma revista sobre vegetarianismo. Fazia sentido, eis que faz tempo deixei de comer carne. A razão da mudança no comportamento alimentar: por acaso, anos atrás, passando próximo a um matadouro fiquei consternado – para dizer o mínimo – com os “lamentos” dos animais ao serem sacrificados. Não foi necessário ter uma visão clara das cenas para “sentir”, de perto, profunda sensação de tortura de uma espécie que mesmo não sendo a nossa, nem por isso se tornara menos chocante. Dramática experiência! (Continua…)

A Medicina de Hipócrates

O professor da Escola de Medicina de Harvard, Dr. Bernard Lown, faz a seguinte afirmação em seu livro A Arte Perdida de Curar: “Nunca a medicina avançou tanto no diagnóstico e no tratamento e nunca o ser humano enfermo foi tão mal cuidado”.  

A primeira parte da frase é inquestionável. Já a segunda, a meu ver, nesse imenso Brasil de constrastes e disparidades, encontramos múltiplas razões para atestar que, via de regra, a assertiva cabe sem dúvida. Ressalve-se que exceções existem e residem nos médicos e instituições vinculadas a planos de saúde “Premium” – privilégio apenas para um percentual com muitos zeros depois da vírgula – antítese do nosso velho e desgastado SUS. (Continua…)

« Publicações antigas Novas publicações »

© 2018 PONDERANDO

Desenvolvido por CS ProjetosRolar para cima ↑